sexta-feira, 1 de outubro de 2010

FUNCIONÁRIO PÚBLICO

FUTURO LUGAR DE PEREGRINAÇÃO





sexta-feira, 17 de setembro de 2010

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

IDIOTICES

APETECE-ME UM PROCESSOSINHO


Alguma ideia?


quinta-feira, 2 de setembro de 2010

É uma escada em caracol
E que não tem corrimão.
Vai a caminho do Sol
Mas nunca passa do chão.

Os degraus, quanto mais altos,
Mais estragados estão,
Nem sustos nem sobressaltos
servem sequer de lição.

Quem tem medo não a sobe
Quem tem sonhos também não.
Há quem chegue a deitar fora
O lastro do coração.

sobe-se numa corrida.
Corre-se p'rigos em vão.
Adivinhaste: é a vida
A escada sem corrimão.




Poema de David Mourão Ferreira (1927-1996)

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Temas de Fim de Férias

Pensamentos






"Nesta direção", disse o Gato, girando a pata direita, "mora um Chapeleiro. E nesta direção", apontando com a pata esquerda, "mora uma Lebre de Março. Visite quem você quiser quiser, são ambos loucos."

"Mais eu não ando com loucos", observou Alice.

"Oh, você não tem como evitar", disse o Gato, "somos todos loucos por aqui. Eu sou louco. Você é louca".

"Como é que você sabe que eu sou louca?", disse Alice.

"Você deve ser", disse o Gato, "Senão não teria vindo para cá."


Trecho do livro 'Alice no País das Maravilhas'

quinta-feira, 22 de julho de 2010

CÓDIGO CÍVIL

A melhor resposta para dar às crianças quando mandamos fazer qualquer coisa e nos perguntam PORQUÊ…

MÃE: VAI JÁ ARRUMAR O TEU QUARTO

FILHO: Não vou!

MÃE: Tens de ir! Eu estou a mandar!

FILHO: E porque é que tenho de fazer o que tu dizes?

MÃE: Está no Código Cívil Português, art. 128º .
ARTIGO 128º – Dever de obediência

Em tudo o quanto não seja ilícito ou imoral, devem os menores não emancipados obedecer a seus pais ou tutor e cumprir os seus preceitos.

quarta-feira, 21 de julho de 2010






Não se deve ter medo de dar um grande passo quando for altura disso.
Não se pode atravessar um abismo aos saltinhos.

(David Lloy George – Estadista Inglês)









DESESPERO

A atracção

quinta-feira, 1 de julho de 2010

LIBERTAR ESTA SOLIDÃO



quinta-feira, 3 de junho de 2010

LINDO!

domingo, 30 de maio de 2010

DIPLOMACIA

domingo, 23 de maio de 2010

quinta-feira, 13 de maio de 2010





Explicação da Ausência

Desde que nos deixaste o tempo nunca mais se transformou
Não rodou mais para a festa não irrompeu
Em labareda ou nuvem no coração de ninguém.
A mudança fez-se vazio repetido
E o a vir a mesma afirmação da falta.
Depois o tempo nunca mais se abeirou da promessa
Nem se cumpriu
E a espera é não acontecer — fosse abertura —
E a saudade é tudo ser igual.


Daniel Faria, in "Explicação das Árvores e de Outros Animais"

sábado, 1 de maio de 2010

quinta-feira, 22 de abril de 2010

UM MUNDO MELHOR

Recados para Orkut
Recados

sexta-feira, 19 de março de 2010

DIA DO PAI



Tenho saudades tuas
AMO-TE

LI e GOSTEI

Jornal de Negócios Online

sexta-feira, 12 de março de 2010

segunda-feira, 8 de março de 2010

quinta-feira, 4 de março de 2010

SINTO-ME



RODEADA


DE NADA



quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010




P R E C I S O D E T I
A Z E V E D O

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

rsrsrs



Sócrates, Obama e o Papa viajavam juntos no mesmo avião, quando aparece numa das asas o Diabo com uma enorme serra e começa a serrar a asa da aeronave.
Quando viram o Diabo ficaram apavorados, e Sócrates vira-se para o Obama:
- Obama, você que sabe falar e argumentar como ninguém, convença o cornudo a parar com isso senão vamos cair e morrer todos!!!
Obama foi até lá, conversou... conversou... e nada do capeta parar...
Obama voltou e implorou ao Papa:
- Papa, só o senhor nos poderá salvar... Ele não quer nem conversa... vai mesmo derrubar o avião !!!
O Papa foi até ao Diabo, usou de toda sua persuasão, argumentou o que pôde... e nada... Desistiu, voltou e resumiu a conversa:
- Não sei o que fazer... Estamos perdidos... Vamos rezar!!!
Foi quando Sócrates se levantou e disse:
- Deixa comigo... Sou a última chance, vou tentar.
E lá foi ele falar com o Diabo. Mal trocaram duas palavras o Diabo parou de serrar a asa do avião... e sumiu.
Obama e o Papa ficaram surpreendidos e perguntaram:
- O que é que você lhe disse?
- Companheiro... se eu morrer, vou formar governo no Inferno!

NOTA: Só os portugueses são capazes de brincar com a “desgraça “ !!!!

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Obrigado



Vindo de longe, atravessando um oceano e 7 fusos horários, recebi da minha "Nica" este poema que, como o conforto da sua presença, me aqueceu a alma...




Fernando Pessoa (Lisboa, 13 de Junho de 1888 - Lisboa, 30 de Novembro de 1935)



Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes,
mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo.
E que posso evitar que ela vá a falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e
se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar
um oásis no recôndito da sua alma .
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um 'não'.
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo...

(Fernando Pessoa)

Para APREENDER...


sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

HOJE EU NÃO ME RECOMENDO

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

O MUNDO

Um proeminente consultor internacional, com um MBA de Harvard, estava de férias num pontão de uma pequena aldeia piscatória na costa mexicana quando chegou um pequeno barco de pesca. Dentro do barco estavam vários grandes atuns que o pescador tinha capturado. O consultor cumprimentou o pescador pela qualidade do seu peixe e perguntou quanto tempo levava a apanhá-los.
O pescador respondeu, "Só umas duas horas."
O consultor perguntou, "Porque é que não fica mais tempo e apanha mais
peixe?"
"Este é suficiente para alimentar a minha família. Estou feliz!"
E aí, o consultor perguntou, "E o que faz com o resto do seu tempo?"
"Durmo até tarde descansado, pesco um pouco, brinco com os meus filhos e
faço uma sesta com a minha mulher, Maria. Todas as noites dou uma volta à aldeia, bebo um copo e toco guitarra com os meus amigos. Tenho uma vida cheia e ocupada, caro senhor!"

O consultor, vendo a oportunidade de fazer boa figura do seu conhecimento, aconselhou, "Sou um consultor de renome internacional, tenho um MBA em Harvard e vou ajudá-lo! Passe mais tempo no mar a pescar e com o que sobra, compre um barco maior. Assim, apanha mais peixe e por consequência pode comprar vários barcos e também contratar mais pessoas. Eventualmente terá uma frota de barcos de pesca. Em vez de vender o que apanha a um intermediário, venderá
directamente ao industrial, eventualmente abrindo a sua própria fábrica de conservas.
Assim, controla o produto, o processamento e a distribuição. Teria que deixar esta pequena aldeia piscatória e ir para a cidade do México, depois quem sabe Los Angeles e até Nova Iorque, de onde conduzirá a sua empresa em grande expansão."
O pescador Mexicano perguntou, "E quanto tempo é que será preciso para chegar aí?"
"Cerca de 15 a 20 anos."
"E depois, senhor?"
O Consultor sorriu satisfeito e disse, "Essa é a melhor parte. Quando for a altura certa, lança então a sua empresa na Bolsa e vende o seu stock ao público e torna-se muito rico. Fará milhões!"
"Milhões, senhor? e depois?"
Aí, o consultor disse, com um sorriso de vitória, "Então aí, pode reformar-se e ir viver para uma pacata aldeia costeira onde poderá dormir descansado até tarde, pescar um pouco, brincar com os seus filhos, fazer a sesta com a sua esposa, e todas as noites ir até à aldeia tomar um copo e tocar guitarra com os seus amigos."
"Mas senhor, isso é o que eu faço agora!"

domingo, 17 de janeiro de 2010

SONS DE SEMPRE

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

SONS DE SEMPRE

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

TEMPOS MODERNOS

Árvore Genealógica


- Mãe, vou casar!

– Jura, meu filho?! Estou tão feliz! Quem é a moça?

– Não é moça. Vou casar com um moço. O nome dele é Murilo.

- Você falou Murilo... Ou foi meu cérebro que sofreu um pequeno surto psicótico?

– Eu falei Murilo. Por que, mãe? Tá acontecendo alguma coisa?

– Nada, não. Só minha visão que está um pouco turva. E meu coração, que talvez dê uma parada. No mais, tá tudo óptimo.

- Se você tiver algum problema em relação a isto, melhor falar logo...

– Problema? Problema nenhum. Só pensei que algum dia ia ter uma nora... Ou isso.

– Você vai ter uma nora. Só que uma nora... Meio macho. Ou um genro meio fêmea. Resumindo: uma nora quase macho, tendendo a um genro quase fêmea...

– E quando eu vou conhecer o meu. A minha... O Murilo?

– Pode chamar ele de Biscoito. É o apelido.

- Tá! Biscoito... Já gostei dele... Alguém com esse apelido só pode ser uma pessoa bacana. Quando o Biscoito vem aqui?

– Por quê?

– Por nada. Só pra eu poder desacordar seu pai com antecedência.

- Você acha que o Papai não vai aceitar?

– Claro que vai aceitar! Lógico que vai. Só não sei se ele vai sobreviver... Mas isso também é uma bobagem. Ele morre sabendo que você achou sua cara-metade... E olha que espectáculo: as duas metades com bigode.

- Mãe, que besteira ... Hoje em dia ... Praticamente todos os meus amigos são gays.

- Só espero que tenha sobrado algum que não seja... Pra poder apresentar pra tua irmã.

– A Bel já tá namorando.

– A Bel? Namorando?! Ela não me falou nada... Quem é?

– Uma tal de Veruska.

– Como?

– Veruska...

– Ah! bom! Que susto! Pensei que você tivesse falado Veruska.

- Mãe!!!...

– Tá..., tá..., tudo bem... Se vocês são felizes. Só fico triste porque não vou ter um neto...

– Por que não? Eu e o Biscoito queremos dois filhos. Eu vou doar os espermatozóides. E a ex-namorada do Biscoito vai doar os óvulos.

- Ex-namorada? O Biscoito tem ex-namorada?

– Quando ele era hétero... A Veruska.

– Que Veruska?

– Namorada da Bel...

– "Peraí". A ex-namorada do teu actual namorado... E a actual namorada da tua irmã. Que é minha filha também... Que se chama Bel. É isso? Porque eu me perdi um pouco...

– É isso. Pois é... A Veruska doou os óvulos. E nós vamos alugar um útero.

- De quem?

– Da Bel.- Mas. Logo da Bel?! Quer dizer então... Que a Bel vai gerar um filho teu e do Biscoito. Com o teu espermatozóide e com o óvulo da namorada dela, que é a Veruska...

– Isso.

– Essa criança, de uma certa forma, vai ser tua filha, filha do Biscoito, filha da Veruska e filha da Bel.

– Em termos...

– A criança vai ter duas mães: você e o Biscoito. E dois pais: a Veruska e a Bel.

- Por aí...

– Por outro lado, a Bel..., além de mãe, é tia... Ou tio.... Porque é tua irmã.

- Exacto. E ano que vem vamos ter um segundo filho. Aí o Biscoito é que entra com o espermatozóide. Que dessa vez vai ser gerado no ventre da Veruska... Com o óvulo da Bel. A gente só vai trocar.

- Só trocar, né? Agora o óvulo vai ser da Bel. E o ventre da Veruska.

- Exacto!

– Agora eu entendi! Agora eu realmente entendi...

– Entendeu o quê?

– Entendi que é uma espécie de swing dos tempos modernos!

– Que swing, mãe?!!....

– É swing, sim! Uma troca de casais... Com os óvulos e os espermatozóides, uma hora no útero de uma, outra hora no útero de outra...

– Mas...

– Mas uns tomates! Isso é um bacanal de última geração! E pior... Com incesto no meio...

– A Bel e a Veruska só vão ajudar na concepção do nosso filho, só isso...

– Sei!!!... E quando elas quiserem ter filhos...

– Nós ajudamos.

– Quer saber? No final das contas não entendi mais nada. Não entendi quem vai ser mãe de quem, quem vai ser pai de quem, de quem vai ser o útero, o espermatozóide... A única coisa que eu entendi é que...

– Que... ?

- Fazer árvore genealógica daqui pra frente... vai ser f****

(Luiz Fernando Veríssimo)

Recebido por email

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

SONS DE SEMPRE

sábado, 9 de janeiro de 2010

9 de Janeiro de 1926
nasce o meu Farol
para ti Azevedo o meu amor
Tenho saudades tuas

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Lógica!

Li e Gostei!





OUVINDO III





OUVINDO II



OUVINDO...



quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

CONFIDÊNCIAS


Quando tudo está negro
este som dá-me alguma COR



domingo, 3 de janeiro de 2010

APETECE-ME OUVIR

O Poeta das canções na voz de
Fernando Tordo


sábado, 2 de janeiro de 2010

Votos para 2010



sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

RAINHA do ritmo




DEUSA do Sentimento