quarta-feira, 15 de julho de 2009

INTERROGAÇÕES





GLOBALIZAÇÃO


O António, depois de dormir numa almofada de algodão (Made in Egipt), começou o dia bem cedo, acordado pelo despertador (Made in Japan) às 7 da manhã.

Depois de um banho com sabonete (Made in France) e enquanto o café (importado da Colômbia) estava a fazer na máquina (Made in Chech Republic), barbeou-se com a máquina eléctrica (Made in China).

Vestiu uma camisa (Made in Sri Lanka), jeans de marca (Made in Singapure) e um relógio de bolso (Made in China).

Depois de ouvir as notícias pela rádio (Made in India), ainda bebeu um sumo de laranja (produced in Israel), entrou no carro Saab (Made in Sweden) e continuou à procura de emprego.

Ao fim de mais um dia frustrante, com muitos contactos feitos através do seu telemóvel (Made in Finland) e, após comer uma pizza (Made in Italy), o António decidiu relaxar por uns instantes.

Serviu-se de um copo de vinho (produced in Chile), ligou a TV (Made in China) e pôs-se a pensar porque é que não conseguia encontrar um emprego em PORTUGAL...

3 comentários:

Mimo Azul disse...

Pois, porque será?!

Beijocaaaaaaaaaaaaa :)

Pete disse...

Se tudo o que consumimos não é produzido por nós, fica mais dificil.

messy disse...

LOL :x

PT doce PT!

hehehe*